Tendências do Consumidor 2021

Fev 8, 2021 | Notícias

 

Saiba quais são as 10 tendências que vão marcar a comunicação com o consumidor este ano.

 

O impacto da COVID-19 deixa para 2021 um modelo de consumo marcado pelas tensões entre as vertentes emocional e organizacional.

 

O trauma da pandemia, em conjunto com a capacidade transformadora que teve sobre as prioridades da população, trará, mais do que nunca, a política das emoções para o centro da relação com as marcas. Simultaneamente, além da informatização forçada, a logística organizacional do consumo também sofrerá alterações, obrigando a reações rápidas às novas necessidades dos consumidores.

 

A tensão emocional resultante da pandemia que vivemos, há meses, a uma escala global, tornará fundamental o desenvolvimento da empatia enquanto traço de personalidade das marcas. A insegurança e a incerteza que vivemos farão que sejam também essenciais, por um lado, a necessidade de perceção de ter uma casa sã e segura, e, por outro, a simplificação das ofertas de produto e de serviços. Além disso, o desaparecimento do tabu da saúde mental é cada vez mais uma realidade, e será mais fácil para as marcas participar neste tipo de conversas sociais.

 

No que respeita à logística de como consumimos, a transformação em novos modelos de cidade unir-se-á à força crescente do ativismo a favor do consumo local e de proximidade. Tudo isto acontece num contexto de dessincronização do consumo favorecido pelo aumento do teletrabalho ou pelo comércio eletrónico, que obrigará muitas marcas a repensar as estratégias de retalho ou de planificação publicitária. Ao mesmo tempo, dois fenómenos que podem parecer contraditórios, complementam-se: por um lado, o aumento da cancel culture, ou cultura de cancelamento, relacionada com o boicote a marcas que não combinam com os valores de determinadas comunidades, e, por outro, o papel predominante do conceito de acessibilidade resultante das necessidades económicas do contexto.

 

Tudo isto torna a criatividade, mais do que nunca, no elemento fundamental para transformar um cenário de riscos e instabilidade num cenário de oportunidades na relação entre os consumidores e as marcas.

 

Imagem Tendências do Consumidor 2021

 

Fonte: AICEP/LLYC/MC