Índice de Aceitação de Migrantes: Portugal em primeiro lugar entre os países da UE

Out 29, 2019 | Notícias

O Índice de Aceitação de Migrantes tem como objetivo principal dar uma visão geral de como as pessoas em todo o mundo observam a integração das pessoas migrantes nas suas comunidades.

 

O Alto-Comissariado para as Migrações (ACM) salienta que Portugal assume a primeira posição, entre os países da União Europeia (UE), no Índice de Aceitação de Pessoas Migrantes, destacando-se também pelo facto de registar a maior evolução neste sentido, desde 2010.

 

Imagem Tabela Gallup - Portugal em 1.º lugar

 

Esta é uma das principais conclusões de um estudo do Centro de Pesquisa Gallup, lançado este mês, onde a UE se revela a região mais dividida quando questionada sobre se as suas comunidades constituem bons lugares para acolher e integrar pessoas migrantes.  No global, os resultados variam entre 17%, na Hungria, a 90% do Canadá, com Portugal a registar 87%, o valor mais elevado entre os países da UE.

 

Mais da metade dos/as inquiridos/as (54%), em 143 países pesquisados pelo Gallup, considera as suas cidades ou comunidades bons lugares para acolher pessoas migrantes, um resultado que marca posição em relação ao obtido em 2010 (47%). Portugal afirma-se como o país que mais tem evoluído positivamente, assinalando um acréscimo de + 17% face a 2010, distanciando-se aqui da Dinamarca e Irlanda, que apontam para uma alteração menos revelante, ainda que positiva (+7% e +2%, respetivamente).

 

O Gallup está ligado à consultoria e análise global, opera em 30 centros regionais e recolhe informações em mais de 160 países, com o objetivo de produzir análises de impacto nas mais variadas áreas.

 

Fonte: ACM/Gallup/MC