Saiba mais sobre o Trabalho Voluntário em Portugal

Jul 23, 2019 | Notícias

Segundo o Instituto Nacional de Estatística (INE), em 2018, 695 mil pessoas com 15 ou mais anos participaram em atividades voluntárias sem remuneração.

 

Conheça os principais resultados do Inquérito ao Trabalho Voluntário 2018

 

A taxa de voluntariado em 2018 foi de 7,8%, tendo cerca de 695 mil pessoas da população residente com 15 ou mais anos participado em, pelo menos, uma atividade formal e/ou informal de trabalho voluntário.

 

A taxa de voluntariado feminina foi superior à masculina (8,1% vs. 7,6%).

 

O escalão etário predominante foi o dos 15-24 anos (11,3%).

 

A participação no trabalho voluntário aumentou progressivamente com o nível de escolaridade (15,1% nos indivíduos com ensino superior).

 

A taxa de voluntariado foi superior nos indivíduos desempregados (10,5%) e solteiros (9,1%).

 

Traçando um perfil sociodemográfico sintético do voluntário, poderá afirmar-se que, nas atividades de trabalho voluntário formal, destacaram-se os indivíduos mais jovens, desempregados, com níveis de escolaridade mais elevados, do sexo feminino e solteiros.

 

No trabalho voluntário informal prevaleceram indivíduos em escalões etários mais elevados, com níveis de escolaridade elevados, desempregados, do sexo feminino e divorciados/separados.

 

As taxas de voluntariado regionais oscilaram entre 5,5% na Região Autónoma dos Açores e 8,9% na região Centro.

 

O voluntariado formal foi sobretudo direcionado para os serviços sociais (36,2%), as organizações da cultura, comunicação e atividades de recreio (15,7%) e da religião (15,7%).

 

Enquanto no voluntariado formal as principais tarefas foram equivalentes às de técnicos e profissões de nível intermédio (34,5%), no voluntariado informal predominaram as tarefas equivalentes às de trabalhadores dos serviços pessoais, de proteção e segurança e vendedores (49,3%).

 

Estima-se que as horas trabalhadas no âmbito de ações de voluntariado tenham correspondido, em 2018, a cerca de 2,9% do total das horas trabalhadas.

 

Recorrendo a diferentes metodologias habitualmente utilizadas internacionalmente para a valorização do trabalho voluntário não remunerado, obtiveram-se valores entre 0,4% e 0,8% do PIB nacional em 2018.

 

Imagem Infografia Trabalho Voluntário 2018

Descubra mais, consultando aqui a infografia – projeto desenvolvido em parceria com a Cooperativa António Sérgio para a Economia Social (CASES).

 

Fonte: INE/MC