Novas Academias Gulbenkian do Conhecimento: duas foram escolhidas pelo Público

Jul 15, 2019 | Notícias

35 novas Academias que vão trabalhar competências sociais e emocionais com crianças e jovens de todo o país. A possibilidade de ser o público a escolher dois projetos experimentais, entre aqueles que tinham sido pré-selecionados é a grande novidade.

 

Com a seleção destas 35, passam a existir 67 Academias por todo o País.

 

As Academias Gulbenkian do Conhecimento foram lançadas em 2018, tendo presente estudos do Banco Mundial, da OCDE ou do World Economic Forum que indicavam que 80% das crianças que entram hoje na escola terão empregos que ainda não existem, 50% dos empregos estão em risco pela automação e 40% das competências chave do futuro serão diferentes das de hoje. 

 

Imagem FCG - Academias de Conhecimento - Competências

 

Com as Academias, pretende-se promover competências sociais e emocionais fundamentais para que as crianças e jovens de hoje enfrentarem os desafios de um futuro em rápida mudança, tais como:

 

  • Adaptabilidade – Ajusta-se às mudanças, adaptando com flexibilidade as suas atitudes e comportamentos.
     
  • Autorregulação – É decidido, estratégico e persistente nos objetivos, avalia progressos e modifica comportamentos em resultado dessa avaliação.
     
  • Pensamento crítico – Avalia as situações de múltiplas perspetivas, divide os problemas nas suas componentes e sistematiza o caminho para a resolução através de novos métodos e processos. Procura causas ou pensa através das consequências dos diversos caminhos de ação possíveis.
     
  • Resolução de problemas – Avalia realisticamente os problemas, procura alternativas, decide e implementa soluções com recurso à criatividade e ao pensamento lógico, tendo presentes as consequências em si e nos outros.
     
  • Pensamento criativo – Tem visão e gera novas formas de pensar e fazer, explorando e aprendendo com o erro.
     
  • Resiliência – Lida bem com a adversidade e não desiste facilmente.
     
  • Comunicação – Inicia e mantém contactos sociais, expressando adequadamente opiniões, necessidades ou sentimentos.

 

Fonte: FCG/MC