Política de Coesão pós-2020: Ajudar as regiões da Europa a tornarem-se mais inovadoras

Jun 19, 2018 | Notícias

Hoje a Comissão Europeia está a renovar a iniciativa “Stairway to Excellence”, para continuar a fornecer apoio adaptado e técnico às regiões menos avançadas no domínio da inovação.

Esta iniciativa vai ajudar as regiões a desenvolver, atualizar e aperfeiçoar as suas estratégias de especialização inteligente, ou seja, as suas estratégias regionais de inovação baseadas em nichos competitividade, antes do início do período orçamental 2021-2027.

 

Vai igualmente ajudar a identificar recursos europeus adequados para financiar projetos inovadores e formar parcerias com outras regiões com vantagens semelhantes para criar polos de inovação.

A iniciativa, coordenada pelo Centro Comum de Investigação, proporcionará às regiões quatro formas principais de apoio:

  • A Comissão e os peritos externos ajudarão as regiões a identificar as áreas a melhorar, nas suas estratégias de especialização inteligente e nos seus sistemas de inovação regionais (qualidade da investigação pública, eficiência da ligação entre os meios empresarial científico e condições propícias à atividade das empresas), a e cooperar com as outras regiões nos domínios da investigação e inovação.
  • Além disso, os peritos ajudarão as regiões a explorar todas as fontes potenciais de financiamento, como o “Horizonte Europa”, a Europa Digital e os fundos da política de coesão, e a combinar essas fontes através de novas oportunidades de sinergias, oferecidas pelas propostas da Comissão relativas aos fundos UE para 2021-2027.
  • O Centro Comum de Investigação ajudará a identificar e resolver estrangulamentos específicos regionais que afetam a inovação, como a falta de interação entre as esferas locais empresarial e académica ou a reduzida participação no atual programa Horizonte 2020.
  • O Centro Comum de Investigação criará igualmente oportunidades de ligação em rede e ateliês para as regiões se encontrarem e trocarem boas práticas de desenvolvimento de estratégias regionais de inovação. Tal facilitará também a criação de parcerias para investimentos inter-regionais na inovação.

Saiba mais
Fonte: CE