A Modernização do Ensino Superior na Europa

Fev 21, 2018 | Notícias

O relatório A Modernização do Ensino Superior na Europa: Pessoal Académico – 2017 explora a realidade atual do pessoal académico num cenário do ensino superior europeu em mudança.

Centra‐se em questões como os requisitos de qualificação para o pessoal académico, o processo de recrutamento, as condições de emprego e de trabalho no meio académico, o impacto da garantia externa da qualidade e as principais estratégias de internacionalização a nível superior.

O relatório baseia‐se fundamentalmente em dados qualitativos reunidos pela Rede Eurydice, abrangendo os sistemas de ensino superior de 35 países. A recolha de dados centra‐se no pessoal académico responsável pelos setores do ensino e/ou da investigação.

Adicionalmente foram também usados dados quantitativos do Eurostat e do Registo Europeu do Ensino Superior e ainda informação reunida a partir de inquéritos desenvolvidos para este relatório pelos sindicatos representantes do pessoal académico e agências de garantia da qualidade.

Principais conclusões

  • O pessoal académico constitui um grupo heterogéneo no ensino superior europeu;
  • As instituições de ensino superior são geralmente responsáveis pelas suas políticas de recursos humanos, mas alguns aspetos sujeitam-se a regulamentações emanadas por autoridades a nível superior;
  • As carreiras académicas implicam esforços substanciais em termos de atualização das qualificações e desempenho;
  • A garantia de segurança no emprego já não representa a norma no mundo académico;
  • A igualdade de género entre o pessoal académico continua a ser uma aspiração ao invés de uma realidade, na maioria dos sistemas de ensino superior;
  • A qualidade do ensino não pode ser um dado adquirido;
  • Se é certo que os sistemas externos de garantia da qualidade se centram no ensino e na investigação, as questões relativas à gestão de recursos humanos são frequentemente negligenciadas;
  • Para que a internacionalização seja um elemento importante dos sistemas de ensino superior, são necessários mais incentivos para o pessoal académico;
  • É necessário melhorar a recolha de informação sobre uma série de aspetos relativos ao pessoal académico a fim de informar a tomada de decisão a nível nacional e europeu.

Fonte: EU Bookshop