Reforçar a Sociedade Civil e a Cidadania Ativa

Jan 23, 2018 | Notícias

A Fundação Calouste Gulbenkian, em parceria com a Fundação Bissaya Barreto, foi selecionada para gerir a nível nacional um programa de 11 M€ destinados a projetos da Sociedade Civil, no quadro do Active Citizens Fund/EEA Grants, financiado por recursos públicos da Noruega, Islândia e Liechtenstein.

O novo programa vai desenvolver-se ao longo de sete anos, no período 2018-2024, estando previsto o seu lançamento já no próximo mês de março.

Com uma dotação de 11 M€, o programa pretende apoiar projetos sociais com o objetivo central de reforçar a Sociedade Civil e a cidadania ativa, e ainda capacitar grupos vulneráveis.

Os projetos a desenvolver devem enquadrar-se em quatro áreas prioritárias de intervenção:

  • Democracia, participação cívica e transparência;
  • Direitos Humanos, igualdade de tratamento e não discriminação;
  • Justiça social e inclusão de grupos vulneráveis;
  • Eficácia na ação e sustentabilidade das ONG.

A candidatura apresentada pela Fundação Calouste Gulbenkian, numa parceria inédita com a Fundação Bissaya Barreto, foi selecionada na sequência do concurso lançado pelo Mecanismo Financeiro do Espaço Económico Europeu.

Fonte: Fundação Calouste Gulbenkian